Posted in Crônicas

Somos Raros Românticos

Um comportamento que é pouco reconhecido, mas de valor para muitos.

Somos Raros Românticos Posted on 7 de Janeiro de 2018

Amante das letras, da música e da fotografia. Criador do site Na Companhia do Café e autor de todos os textos postados aqui.

Casal

Raros românticos – Vi uma postagem que me chamou a atenção sobre um gesto que, conforme diz, raras são as mulheres que dão valor ao homem romântico. 

Quando publiquei a crônica sobre o homem a moda antiga foi com base em alguns pontos sobre o que compõem um legítimo cavalheiro dos tempos modernos com o romantismo. Mas não falei sobre o homem romântico em seu todo que inclui no pacote de um cavalheiro. Citei sobre ele escrever cartas, presentes, etc mas não fui muito a fundo porque só quis salientar da raridade de um tipo de homem como eles.

Vi em muitas páginas pessoas, homens em particular, reclamando de que não está fácil de encontrar mulheres que apreciem este comportamento. Alguns reclamavam que muitas mulheres não davam o seu devido valor ou que nem chegavam a ficar muito tempo se relacionando com esta pessoa que era romântica. Mas nesta eu li tanto mensagens de homens como mensagens de mulheres.  E existia um certo equilíbrio em que diziam que não era fácil de encontrar homens, também, românticos.

Um homem para ser romântico ele deve, antes de mais nada, se sentir entregue na relação e depois sentir que existe uma sintonia nesta entrega. E não só nos primeiros dias, mas em todos os dias. Depois deve haver a química e daí sim surge um sentimento que vai além do amor que nasce. Vem aquelas idéias na cabeça dele de querer ser muito mais do que um namorado ou um marido. Eis que surge os primeiros gestos como levar flores, mandar uma mensagem surpresa durante o dia ou a noite cheia de palavras doces e delicadas com emojis de coração e flores. E por aí vai, se incrementa com momentos da mágica dos olhares, toques delicados com as mãos no rosto, enfim.

Romantismo não é melação, exageros, grude, é a sutileza nas pequenas atitudes que dão forma á aquela sensação gostosa que causamos na pessoa que amamos. É um passeio de mãos dadas em que você surpreende ela com uma flor que nem viu você arrancar e diz: Para você lembrar deste momento em que nada a minha volta existe além de você. Isso vem ao natural, sem aviso e sem hora pra acontecer. É a simplicidade na sua forma mais genuína.

Eu quis deixar um recado nesta postagem depois ver tantas pessoas serem diretas e retas sobre dizer que não existe mulher que aprecie um homem romântico. Sabemos que o mundo mudou muito e os valores na sua maioria também mudaram. A mídia, claro, também ajudou muito neste sentido. Algumas mulheres preferem homens mais agitados, outras homens mais sérios e algumas homens durões. Estes na visão de algumas pessoas chegam ao ponto de serem grosseiros. Mas são gostos, é como gostar de um tipo de filme. Eu gosto de comédia romântica, mas a grande maioria não por “n” motivos. Isso é assim com as pessoas.

Somos Raros Românticos pois perdemos espaço para declarações de amor e carinho fúteis e vazios.

Neste texto eu quis dizer justamente que não é que não existe e sim que reconheça. Estas realmente são raras, pois o gesto pode ser interpretado de várias maneiras. Eu, como havia dito na crônica sobre homem a moda antiga, eu fui interpretado como retardado por quem um dia me relacionei. Tratava com carinho, brincadeiras saudáveis, mas numa discussão de casal fiquei sabendo que eu ficava ridículo. Pelo menos uma pessoa de tantas que passaram na minha vida não gostava. Já dizia meu pai: Nem pra todos o produto por melhor que seja pra todo mundo é bom.

O texto que deixei foi este:

E porque não dizer “reconheça” também? São poucos, verdade. Mas estes poucos são vistos como frágeis, bobos, melosos e por aí vai! O mundo está mudando, mas não precisa ser para pior. Escrever uma carta a mão dizendo algumas palavras, como antigamente se dizia muito, doces para uma dama é algo raro. E quando elas recebem algumas vezes nem abrem, guardam na carteira, ou na gaveta e lá só é lembrado em um dia de faxina. Alguém que reconheça é tão difícil quanto alguém que mereça. Café na cama com uma rosa na bandeja não é só nos filmes. Um recado no espelho do banheiro antes de ele ir pro trabalho não é só nas fotos da revista Caras. Fico triste que a parcela de homens românticos esteja diminuindo até porque alguns desistem. E os que não desistem, tanto que faço parte deste grupo, aguardamos alguém que reconheça. Quem sabe?

Vou ficando por aqui, até a próxima!

Conheça nossa página no Facebook – Na Companhia do Café

Amante das letras, da música e da fotografia. Criador do site Na Companhia do Café e autor de todos os textos postados aqui.

Pin It on Pinterest

error: Conteúdo Protegido.